O sistema de numeração decimal


Na primeira parte deste módulo representamos as numerações egípcia e romana. Vimos que elas são pouco práticas em comparação com o nosso sistema de numeração, pois, para representar certos números, os egípcios e romanos precisavam enfileirar uma grande quantidade de símbolos.
Com o nosso sistema de numeração, usando apenas dez símbolos diferentes, podemos escrever qualquer número, enquanto que, nas numerações egípcia e romana, para se escrever números muito grandes seria preciso criar novos símbolos: um para o dez mil, outro para o dez milhões, outro para o cem milhões etc.

miniquestao 1
Nome completo:
Seu e-mail:
Quais são os dez símbolos do nosso sistema de numeração?
(Escreva em ordem crescente e separados por " - " )




Os sistemas de numeração egípcio e romano apresentavam ainda uma outra dificuldade: era muito trabalhoso efetuar cálculos usando esses critérios.
Essas dificuldades foram superadas pelos hindus, que foram os criadores do nosso sistema de numeração. Eles souberam reunir três características que já apareciam em outros sistemas numéricos da Antiguidade:
  • o sistema de numeração hindu é decimal (o egípcio, o romano e o chinês também o eram);
  • o sistema de numeração hindu é posicional (o babilônio também era);
  • o sistema de numeração hindu tem o zero, isto é, um símbolo para o nada.
  • Estas três características, reunidas, tornaram o sistema de numeração hindu o mais prático de todos. Não é sem motivo que hoje ele é usado quase no mundo todo. Vamos analisar as características do nosso sistema de numeração para compreender suas regras de funcionamento. Sem esta compreensão é impossível entender as técnicas operatórias, os números decimais e o sistema métrico decimal.


    Você tem dúvidas sobre este tópico?
    Nome completo:
    Seu e-mail:

    Sua dúvida é:


    indice geral índice geral indice mod1 índice módulo1 proxima pagina próximo tópico